TRANSFERÊNCIA DA AULA MAGNA

A aula magna a ser proferida pelo Sr José do Nacimento Júnior, Presidente do Instituto Brasileiro de Museus foi transferida para o início do segundo semestre de 2011, devido a agenda dele com a Ministra da Cultura. Comunicaremos a nova data em breve.

Anúncios

MOÇÃO DE APOIO AO MUSEU ESCOLA

MOÇÃO DE  APOIO

 

            A Assembléia Temática de constituição de estruturação do Colegiado Setorial de Museus, com representações de instituições museais de todo estado, vem manifestar apoio ao projeto Museu Escola, organizado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) em parceria com o Sistema Estadual de Museus (SEM) e Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), acreditando ser essa uma proposta relevante e inovadora no campo museológico no que tange ao processo de formação dos profissionais da área.

 

                                                           Santa Maria, 13 de junho de 2011.

                                                                               Museu Treze de Maio

VISITA TÉCNICA A MUSEUS EM PORTO ALEGRE

No dia 16/05 as turmas do 2º, 4º e 6º do Bacharelado em Museologia realizaram uma viagem a Porto Alegre, juntamente com as Professoras Nóris Leal, Carla Gastaud e Sarah Maggitti e visitaram tecnicamente os seguintes museus: Museu Militar, Museu do Internacional, Museu Júlio de Castilhos, Museu da UFRGS e Santander Cultural. A visita incluiu as reservas técnicas, além dos espaços expositivos. Os alunos, além de conheceram os museus, observaram e anotaram atentos todas as informações obtidas, já que as atividades fazem parte das disciplinas.

MOÇÃO DE APOIO AO PROJETO MUSEU ESCOLA DA UFPEL

Reunião Setorial de Museus

Realização: Secretaria de Estado da Cultua – Diretoria da Cidadania Cultural – Sistema Estadual de Museus e Museu Julio de Castilhos

Apoio: Sistema Municipal de Museus de Santa Maria e Museu Comunitário Treze de Maio

Local: Museu Comunitário Treze de Maio

Data: 13 de junho de 2011

Horário: 8h30mim

 

Na plenária estavam presentes representantes das 7 Regiões Museológicas, sendo que entre os participantes estavam os coordenadores: Alice Bemvenuti – Coordenadora da 1ª Região Museológica; Neusa Garcez – Coordenadora da 3ª Região Museológica e Maria Izabel Mariano da Rocha Duarte – Coordenadora da 5ª Região Museológica.

 

Inicialmente o diretor da Cidadania Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, Marcelo Azevedo, relatou sobre todo o processo participativo de construção do trabalho, que envolveu a realização dos Diálogos Culturais em várias regiões e a Conferência realizada em Santa Maria, nos dias 29 e 30 de abril, após explicitou sobre a formação dos Colegiados Setoriais e o Plano Estadual de Cultura.

 

A Coordenadora do SEM/RS, Simone Flores Monteiro, fez um relato da construção da Política Nacional de Museus iniciada em 2003 até a construção do Plano Nacional Setorial de Museus- PNSM, em 2010, ressaltando a participação do Rio Grande do Sul na construção do PNSM e fez referência a mobilização para o trabalho na esfera estadual.

 

A plenária teve manifestações de vários participantes que trouxeram as demandas das regiões e também solicitaram esclarecimentos sobre o processo de construção do Plano Estadual de Cultura.

 

Após as discussões na plenária foram aprovados por unanimidade:

 

1-      A composição do número de representantes da sociedade civil e do poder público, sendo que também foi aprovada a forma de indicação pelas regiões museológicas, que deve ser realizada uma chamada pública para uma reunião com o propósito de escolher o representante.

 

2-      Estrutura do Colegiado Setorial de Museus:

 

Sociedade Civil:

– 7 Regiões Museológicas do SEM/RS – 1 representante por região, escolhido pela região;

– Rede de Educadores em Museus –RS – 1 representante escolhido pela Rede;

– GT Acervos da ANPUH – 1 representante escolhido pelo GT;

– COREM – Conselho Regional de Museologia – 1 representante escolhido pelo Conselho.

 

Poder Público:

– Sistema Estadual de Museus – 1 representante escolhido pela Secretaria de Estado da Cultura;

-Universidade Federal de Pelotas/Curso de Museologia -1 representante escolhido pelo       Departamento;

– Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Curso de Museologia – 1 representante escolhido pelo   Departamento;

– Sistemas Municipais de Museus – 1 representante escolhido entre os 3 sistemas municipais;

– Museus do Estado (SEDAC) – 1 representante escolhido pela Secretaria de Estado da Cultura.

 

Deve ser indicado o Titular e o Suplente, o mandato é de 2 (dois) anos e poderá haver recondução.

 

 

3-      Acompanhamento dos processos de escolha nas regiões museológicas, por parte do SEM/RS a fim de garantir a representatividade das tipologias de museus, natureza jurídica e também a publicização dos processos.

 

4-      Até o final de julho as sete regiões museológicas deverão realizar uma reunião e definir uma nominata que represente a região no Colegiado dos Museus, sendo que deverá ser apresentada uma ata do processo utilizado e da forma de eleição do representante.

 

 

Foi aprovada uma Moção de Apoio ao Projeto Museu Escola da Universidade Federal de Pelotas, pois se trata de um projeto inovador e fundamental para a formação de novos profissionais em Museologia.