Projeto de Documentação do Acervo do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo.

        Dentro de um projeto coordenado pela professora Francisca Michellon, desde agosto teve inicio as atividades que possibilitaram a realização de um diagnóstico da situação atual e adaptará a documentação museológica do acervo do MALG. Este trabalho é realizado na disciplina de Prática em Museus I, ministrada pela professora Noris Leal, os quinze alunos durante as manhãs de segunda-feira estão divididos em atividades de inventário, diagnóstico e catalogação deste rico acervo de arte da UFPel, são obras do patrono do museu, de Caringi, Adail Bento Costa, entre tantas outras.
Este tem sido um laboratório de extrema importância para os alunos no qual estão colocando em prática os conhecimentos adquiridos na disciplina de Documentação, no entanto o grande destaque tem sido o trabalho conjunto entre docentes, discentes e funcionários do Museu, estes últimos recebendo de braços abertos esta nova experiência, com destaque para Sra. Arita e o Sr. Denoir que estão sendo fonte de pesquisa e aprendizado constante para o grupo do Departamento de Museologia Conservação e Restauro.

         A interdisicplinaridade no grupo tem trazido o aperfeiçoamento nas atividades realizadas, a proposta inicial da Professora Francisca de trabalho entre os cursos de museologia e consevação tem sido colocado em prática, a harmonia entre os alunos e professores tem trazido como frutos uma catalogação mais ágil e eficaz, sobre a supervisão da professora Andréa Bachettini os alunos Fabio Galli (também, funcionário da Prec) e Enilda (Neca) são responsáveis pelas informações catalogadas sobre as condições de conservação do acervo, assim como já adiantou-se o levantamento daquelas peças que precisarão de uma intervenção posterior. O respeito aos procedimentos e as técnicas de cada área tem sido a tônica, o que traz a harmonia entre o grupo e a participação coletiva entusiasmada.
O documentar um objeto nos permite conhecer as suas características intrínsecas e extrínsecas, permitindo-nos identificar as relações possíveis entre objeto, espaço e o individuo que a usou, estas descobertas acontecem pela pesquisa e também pela observação do conjunto da coleção. Durante a última segunda-feira uma surpresa que entusiasmou parte da equipe, foi encontrado um objeto (uma chaleira) usado nas aulas de Leopoldo Gotuzzo para que os seus alunos produzissem os seus estudos, esta descoberta aconteceu quando catalogavam as pinturas realizadas na disciplina da Escola de Belas Artes, várias pinturas eram naturezas mortas compostas com o referido objeto. Analisado sozinho poderia ser indicado o seu descarte, pois não esta dentro daquilo que se imagina dentro da tipologia de um acervo característico de arte, mas analisando o conjunto da coleção descobrimos um importante objeto utilizado nas aulas de pintura do Professor Leopoldo Gotuzzo, patrono do museu.

      Este projeto de ensino é um trabalho longo e rigoroso que não se encerra no final deste semestre, tendo continuidade em 2012, mas o inventário já realizado do acervo nos demonstrou o quantitativo do acervo que vai chegar a mais de 600 peças, entre quadros, esculturas e objetos de uso pessoal dos artistas.

Anúncios